Ao contrário do que se pensa, as comidas típicas desta época do ano podem ajudar o organismo a funcionar melhor. A seguir, você confere alguns itens típicos dessas festividades para comer sem culpa.

  1. Canjica

O leite é rico em sais minerais, como cálcio, potássio, sódio e magnésio, em vitaminas A, D, B2, B12, triptofano e em ácido fólico, o que ajuda a prevenir doenças, o envelhecimento precoce e dá a sensação de bem-estar. A canela e cravo fazem com que o corpo demore mais tempo para transformar o açúcar em glicose. Mas cuidado com o uso de açúcar em excesso ou de leite condensado!

  1. Pipoca

Se for preparada sem gordura nem sal em excesso, a pipoca é uma comida que possui altos níveis de antioxidantes, que atuam na prevenção de doenças cardiovasculares, neurológicas, envelhecimento precoce e até do câncer. Além disso, possui muitas fibras, o que contribui para a saciedade e o funcionamento do intestino, e ácido fólico, bom para tratar problemas cardiovasculares e anemias, além de magnésio e vitaminas B1 e B2.

  1. Milho e seus derivados

Seja em forma de pamonha, curau ou cozido, o milho é um item típico bastante saudável. Rico em fibras, betacaroteno (fonte de vitamina A), zeaxantina e luteína, dois flavonoides que ajudam a prevenir cegueira noturna e degeneração de mácula ocular. Mas não exagere na quantidade de sal e de manteiga.

  1. Amendoim

Essa leguminosa, consumida torrada, como pé-de-moleque ou paçoca, pode ser bastante saudável, se houver moderação. Isso porque o amendoim é rico em antioxidantes, muito importantes na prevenção de doenças, e tem ação proteica similar à do feijão. Ele também é uma boa fonte de fibras, vitaminas e minerais, que fazem bem ao organismo.

  1.  Tapioca

Essa comida típica tem poucas calorias, é rica em fibras hidrossolúveis e pode levar ingredientes que também são saudáveis, como o coco, que tem vitamina E e age como antioxidante, carne seca e queijo coalho, que não possuem muita gordura e não oferecem grandes riscos.

  1. Caldo de feijão

Além dos benefícios da leguminosa, como a proteína, o ferro e os antioxidantes, se preparado com carnes menos gordurosas, como a carne seca, lombo ou músculo, que tem colágeno e ferro.

  1. Caldo verde

Os carboidratos da batata se somam ao cálcio, à fibra alimentar, ao potássio, à vitamina C e ao ferro da couve e resultam em uma bela combinação presente no caldo verde. Por isso, esse alimento pode ser uma ajuda no controle da glicemia, do colesterol, no funcionamento dos intestinos e tratamento de anemia.

  1. Arroz doce

Assim como a canjica, o arroz doce não só é saudável pelas propriedades do seu ingrediente principal, que atua no afastamento de doenças do coração e do sistema digestivo. Essa sobremesa também é uma boa escolha pelos condimentos usados nele: a canela e o cravo, que diminuem o índice glicêmico. Mas evite usar leite condensado na receita, para deixar o prato mais leve e menos calórico.

  1. Batata doce

A batata-doce reduz o índice glicêmico, como o cravo e a canela, e dá saciedade. Rica em betacaroteno (que se converte em vitamina A), essa comida neutraliza os radicais livres, por ser antioxidante, prevenindo o envelhecimento, melhorando a saúde dos olhos, unhas e cabelos, e aumentando a imunidade.

  1. Quentão

Até mesmo essa bebida alcoólica pode fazer bem. Se não houver exagero na cachaça, os ingredientes que dão o sabor ao líquido são bastante benéficos. Além da canela e do cravo, o quentão também leva gengibre, que é um forte aliado do organismo, pois ajuda a esquentar o corpo e ainda ajuda na digestão. É também um bom antioxidante, rico em vitamina B6, cobre, magnésio e potássio.

Fonte: https://exame.abril.com.br/estilo-de-vida/11-comidas-de-festas-juninas-que-fazem-bem-a-saude/