O mês de abril foi selecionado para celebrar a conscientização da população para a Prevenção da Cegueira

A perda da visão é um mal que cresce gradativamente a cada ano, e que ataca grande parte da população. Atualmente, de acordo com o Centro Brasileiro de Cirurgia de olhos, mais de 1,5 milhão de Brasileiros sofrem desse problema. Grande parte das doenças oculares, se for feito o diagnóstico precoce, são tratáveis e curáveis. Nossos olhos são um patrimônio muito precioso, e não é dada a devida atenção a eles. Pensando nisso, em 2016, governos, médicos e hospitais lançaram o projeto ”Abril Marrom”, que tem como objetivo a prevenção da cegueira no Brasil, através do diagnóstico, tratamento precoce e reabilitação.

Durante os meses de abril dos próximos anos, as prefeituras juntamente com as secretarias e ministérios da saúde promoverão palestras, debates, ações educativas e campanhas de combate à cegueira. Algumas doenças como refração, catarata, retinopatia diabética, glaucoma, degeneração macular entre outras serão as pautas desse mês. Se informar a respeito das doenças que podem levar à cegueira é o primeiro passo para a população se prevenir, já que em muitos casos, por serem silenciosas, os pacientes só vão descobrir a doença quando já está perdendo parte da visão.

 

Algumas doenças são temas principais dessa campanha, pelo fato de abranger a maioria das vítimas.

GLAUCOMA

O glaucoma é uma doença que atinge o nervo óptico, de forma que ele deixa de levar as informações visuais para o cérebro. Na maioria dos casos, é causada pelo aumento da pressão intraocular, devido a uma dificuldade na drenagem no líquido, chamado de humor aquoso, que circula dentro do olho. Se não tratado com antecedência e corretamente pode causar a perda total da visão.

Na grande maioria dos casos, o glaucoma não apresenta sintomas específicos. Nas fases avançadas da doença, pode haver a perda de visão periférica, levando a pessoa a esbarrar em objetos e pessoas, e visão embaçada. O glaucoma não possui um tratamento curativo, mas pode ser controlado com o uso de colírios específicos, comprimidos e até com a realização de cirurgia, que é feita quando o paciente não consegue ter níveis satisfatórios de pressão mesmo utilizando todos o colírios possíveis.

CATARATA

A catarata normalmente é causada pelo envelhecimento. Nesta doença, o cristalino se torna mais opaco o que impede a passagem de luz para a retina. A progressão da doença pode levar à perda da visão. Atualmente, é a principal causa de cegueira no mundo. Entretanto, a cegueira causada pela doença pode ser revertida através de uma cirurgia.

Os principais sintomas da catarata são: Não conseguir enxergar em ambientes com pouca luz, visão dupla, dificuldade em ver as cores, visão embaçada, entre outros.

 

DESCOLAMENTO DA RETINA

Traumatismos, inflamações ou algumas doenças como a diabetes podem levar ao descolamento da retina. Os sintomas que caracterizam o descolamento incluem visão embaçada, flashes de luz no campo de visão, e até mesmo a perda súbita da visão.

O descolamento de retina é uma emergência oftalmológica. Para evitar perda da visão, é preciso tratar o mais rápido possível. Seu diagnóstico, normalmente é realizado através do exame de mapeamento de retina, também podendo ser utilizado o ultrassom em casos mais graves. Seu tratamento, na maioria dos casos, é cirúrgico através da vitrectomia posterior.

Todas as doenças e suas definições, são baseadas em estudos e pesquisas do portal Retina Pro.

 

IMPORTÂNCIA

Campanhas como a do Abril Marrom são importantes para alertar população da importância da consulta anual ao médico. A regularidade nas consultas é o modo de prevenção mais efetivo, além do compromisso com o tratamento quando uma doença é descoberta.

 

Fonte: https://www.arturhoje.com.br/abril-marrom-importancia-da-prevencao-contra-cegueira/