Essa é uma dúvida recorrente sobre o uso da cafeína. Cafeína faz mal para saúde? Não! É claro que o excesso é dispensável em qualquer situação.

 

O consumo moderado da cafeína não oferece risco a saúde, aliás, a Sociedade Brasileira de Cardiologia já recomendou em um artigo, o uso de até duas xícaras por dia, algo em torno de 100 ml/dia.

 

Imagine que o café é uma das bebidas mais consumida pelos brasileiros, só não perde para a água. Essa bebida está presente na vida de quase todo brasileiro, o cheirinho de café pela manhã é comum. Com tanta presença no nosso gosto e paladar seria natural a preocupação com o consumo associado à cafeína. Mas, a cafeína não está presente somente no café, refrigerantes, chocolates podem conter uma quantidade significativa de café.

 

Mas em termos de malefícios ou benefícios, cafeína faz mal para saúde?

Diversos estudos realizados pelo mundo traçaram alguns pontos de conhecimento sobre a cafeína. Mas ainda não um estudo definitivo que determine o potencial perigo ou benefício à saúde. Por hora, tais estudos apontam que a cafeína em quantidades baixas não oferece nenhum risco a saúde. Pelo contrário, na grande maioria das pessoas pode ser benéfico o consumo.

 

Alguns estudos apontam que a cafeína pode inclusive ser positiva no desenvolvimento de atividades atléticas, colaborando com a performance esportiva. A cafeína pode acelerar seu metabolismo, facilitando inclusive o processo da perda de peso. Além disso, o efeito termogênico da cafeína pode ser um auxiliar na perda de peso corporal.

 

Um estudo feito em Havard apontou que o uso constante de pequenas doses de café pode colaborar na diminuição das chances de desenvolvimento de diabetes tipo 2. Podemos dizer que em teoria não há motivos para acreditar que a cafeína faz mal para saúde, isto porque a cafeína tem um efeito estimulante que é proporcionado pelo aumento dos níveis de dopamina e noradrenalina, que são neurotransmissores associados à sensação de bem-estar.

 

Existem ressalvas importantes para determinar se cafeína faz mal para saúde. Vale destacar que cada ser humano tem uma condição única, pode não ser tolerante a cafeína ou mesmo ter fatores genéticos que possam influenciar negativamente os efeitos da cafeína no corpo. De acordo com a RDC nº 18/2010 Anvisa, recomenda-se no máximo 420mg ou média de 3mg por kg/peso, o consumo de cafeína para um homem adulto, no caso de mulheres e crianças as doses são menores.

 

Em pessoas hipertensas ou com algum tipo de predisposição para doenças cardíacas, mesmo com restrições por problemas gástricos, é recomendável o uso maneirado da cafeína. Em doses exageradas, acima de 4 xícaras por exemplo, pode causar certo nervosismo, irritabilidade, insônia, dores no estômago, tremores musculares e batimentos cardíacos irregulares.

 

Este artigo é um alerta para que você cuide da sua saúde, procure um especialista para maiores informações e exames clínicos detalhados. Você pode também consultar um nutricionista para formular uma alimentação adequada de acordo com seu tipo físico.

 

Serviço:

 

A BenCorp é uma consultoria que oferece gestão integrada de benefícios corporativos e saúde ocupacional, promovendo bem-estar aos colaboradores e reduzindo custos com saúde para empresas.

Entre em contato:

 

11 3149-4444