Seja brincando com fogo em fogueiras em festas juninas, fazendas ou em casa, brincar com fogo é sempre um perigo! Já falamos sobre os perigos de pular uma fogueira ou ficar muito perto dela, e agora falaremos também sobre os perigos de bombinhas, fogos de artíficios, balões e os cuidados com queimaduras em casa, principalmente com crianças.

 

OS PERIGOS DAS BOMBINHAS

Como todos os outros fogos de artifício, as bombinhas são muito comuns em comemorações de vitórias esportivas e festas juninas. Geralmente confeccionadas artesanalmente, estão sujeitas a defeito de fabricação e funcionamento. Um mínimo defeito pode ser fatal, podendo arrancar um dedo e até a mão.

O ideal é não mexer com fogos de artifício ou, quando estiver perto, tome os seguintes cuidados:

  • Veja se a bombinha ou os fogos não está úmidos ou rasgados, se o “pavio” está inteiro ou se não está vazando pólvora. Caso encontre algum defeito, peça ao vendedor para trocar a bombinha defeituosa;
  • Verifique o estado em que a bombinha se encontra;
  • Jamais carregue bombinhas nos bolsos. Se uma explodir, todas explodirão, causando queimaduras gravíssimas;
  • Nunca acenda bombinhas próximas ao rosto;
  • Se a bombinha falhar não insista, esqueça;
  • Não abra as bombinhas ou outros fogos de artifício.

Mexer com pólvora é coisa para especialistas. A bombinha acesa deve ser atirada longe, para que a pessoa que acendeu e as demais fiquem distantes do local da explosão. Nunca atire uma bombinha em um colega!

 

Conselhos para a família:

  • Opte pela queima de fogos públicas, realizadas por profissionais, pois além de proporcionar um belo espetáculo, são mais seguras;
  • Compre fogos somente em lojas especializadas e credenciadas;
  • Escolha sempre os fogos menos explosivos e de fácil manuseio;
  • Nunca guarde fogos em casa: é como possuir uma bomba prestes a explodir;

OS PERIGOS DOS BALÕES

Você já parou para pensar no perigo de soltar balões? Para quem não sabe, os balões são aquelas estruturas de papel que, com o calor do fogo, sobem até sumirem no horizonte. Porém, como tudo que sobe desce, os balões descem em cima de casas, indústrias e matas, provocando catástrofes e destruindo a natureza.

Jamais solte balões! Soltar balões é crime e os infratores estão sujeitos ás penas previstas por lei.

Balões podem queimar quem está acendendo e quem está por perto a soltar balão. Um simples passatempo não vale o risco da destruição que ele pode causar. Nada mais sadio do que brincar com populares balões de gás, também conhecidos como bexigas. Além de serem divertidos, ninguém se machuca.

 

Conselhos para a família:

  • Os pais têm obrigação de alertar os filhos sobre o grande perigo que representam os balões;
  • Nunca ensine seus filhos ou amigos a soltarem balões, você está ensinando a prática de um crime;
  • Se observar alguém soltando balões, impeça ou denuncie. Todo ano, inúmeros incêndios são provocados com danos irreversíveis a sociedade a ao meio ambiente;

 

ACIDENTES DOMÉSTICOS

Os acidentes domésticos causados por queimaduras, são as principais causas de procura aos serviços de saúde. Ocasionados durante o preparo dos alimentos ou até mesmo, pelo manuseio de panelas. As principais vítimas desses acidentes são crianças e adolescentes.

 

 

  • Crianças devem ficar longe do fogão, de preferência fora da cozinha quando o fogão estiver sendo utilizado. Os pais devem ficar atentos às atividades dos filhos.
  • Os cabos das panelas devem ser virados para a parte de dentro do fogão e, se for ferver ou fritar algum alimento, é preferível usar as bocas do fundo do fogão. Isso diminui o risco de a criança esbarrar nas panelas.
  • As tomadas devem ser tapadas, os fios desencapados devem ser protegidos, e os famosos “gatos” evitados, pois podem ser a causa de incêndios e curtos-circuitos. Além de evitar fios soltos pela casa ligados em tomadas.
  • Materiais inflamáveis devem ser mantidos à distância das crianças ou, de preferência, evitados em casa pelos pais. É preferível trocar o álcool líquido pelo mesmo produto em gel, pois este é menos inflamável.
  • As crianças devem ser orientadas durante as brincadeiras. Por exemplo, não devem soltar pipas perto de fios de alta tensão porque, além de causar queimaduras muito graves, pode levar a pessoa à morte. Os campos abertos e sem postes são os locais adequados para isso.
  • Manter a torneira do gás fechada quando o fogão não estiver sendo utilizado e, de preferência, colocar a botija de gás do lado de fora da casa.

 

Em caso de acidentes

  • Caso seu filho se queime, não passe nada no local afetado. Pomadas, pasta de dentes, manteiga, clara de ovos ou outras receitas caseiras podem prejudicar mais ainda a ferida.
  • Lave a região por 10 minutos em água corrente e busque atendimento médico.
  • Se a chama atingir as roupas, a vítima deve deitar no chão e rolar. Quem estiver por perto deve cobri-la com um lençol ou pano molhado e levá-la imediatamente ao hospital.
  • Não estoure as bolhas, pois há risco de infecção.

 

Fontes:

http://blog.saude.mg.gov.br/2017/06/06/curiosidade-como-agir-em-caso-de-acidentes-com-queimaduras/

http://www.blog.saude.gov.br/index.php/entenda-o-sus/52707-festas-juninas-e-ferias-aumentam-estatisticas-de-acidentes-com-queimaduras

http://www.proqueimados.com.br/prevencao_manual.asp