Delegação ASAP no Fórum da Population Health Alliance – PHA

Uma delegação organizada pela ASAP participou do Fórum Internacional da Population Health Alliance – PHA, uma oportunidade única para atualizar conhecimento estratégico e conhecer novos conceitos em gestão de saúde populacional.
A PHA é uma instituição norte-americana, pioneira mundial na Gestão de Saúde Populacional e importante parceira internacional da ASAP, que possibilita o compartilhamento de conhecimento e informações. O Fórum PHA aconteceu em Washington, no início do mês de novembro de 2015.
Após a finalização do Fórum houve uma programação exclusiva para a Delegação ASAP: visitas técnicas às empresas 3M e Kaiser, uma das maiores operadoras de planos de saúde dos Estados Unidos e que atende dez milhões de beneficiários, e palestra com o PhD e diretor do Instituto de Estudos para Saúde e Produtividade, Ron Goetzel, da Universidade Johns Hopkins.
Durante o Fórum, uma das questões levantadas é que não há falta de recursos nos EUA, mas excesso de atenção à saúde, com um grande desperdício destes recursos. Foi defendido que não há ensino para os mais jovens sobre o autocuidado e que a confiança no médico é um dos problemas atuais, pois o pensamento geral das pessoas é que o sistema de saúde quer apenas economizar dinheiro.
As principais causas de morte nos EUA são: problemas cardíacos, câncer de pulmão e erro médico.
Foi defendida a avaliação independente de qualquer programa de bem estar (wellness), de maneira a garantir a independência na avaliação, sem viés. Entretanto há uma ampla discussão sobre qual métrica de medição deve ser usada.
Há um consenso sobre a importância de mudar o comportamento dos indivíduos, pois este determina a possibilidade de mudança na qualidade da saúde de uma população.
Os executivos de algumas das nossas associadas, entre outras empresas, participaram deste evento e compartilham abaixo suas experiências e conhecimentos obtidos.

Marcelo Nashiro, gerente da BenCorp avalia o evento

O ponto alto do Fórum Internacional da Population Health Alliance – PHA, na avaliação do gerente da BenCorp Marcelo Nashiro foi a possibilidade de retornar ao Brasil com o senso crítico apurado. “Pensamos de modo mais crítico sobre nossos próprios produtos. Os Estados Unidos são um mercado extremamente competitivo e considerando que apenas sete por cento das companhias obtêm resultados com programas de promoção de saúde, o nível de cobrança sobre seus próprios produtos aumenta muito. Retornamos cheios de ideias, mas o principal ponto é a autocrítica que voltou aguçada. Foi um evento excepcional”. Nashiro citou também o networking, conhecimento dos temas em evidência no mercado norte-americano, contato com os principais expoentes do setor de saúde, com estudiosos e empresas líderes como “experiências riquíssimas” proporcionadas pelo Fórum PHA.

Clique aqui para ler o original.