Os primeiros sinais de um AVC (Acidente Vascular Cerebral) podem ser facilmente detectados, por isso, procurar atendimento rápido é primordial para tentar evitar maiores danos ao cérebro. 

Estar atento a alguns detalhes pode ajudar a identificar sinais de um AVC e isso pode ser fundamental para reduzir sequelas. Segundo alguns estudos, se um AVC for identificado e tratamento iniciado em até 3 horas após o início dos sintomas, muitos dos “estragos” podem ser revertidos ou amenizados.

O AVC pode acontecer de dois tipos: o isquêmico, que é o mais comum, ou o hemorrágico. O isquêmico ocorre quando uma artéria que irriga uma parte do cérebro se entope e aquela região fica comprometida por falta de circulação sanguínea. E o hemorrágico ocorre quando uma artéria se rompe e há derramamento de sangue no cérebro e a região cerebral onde isso acontece, também fica comprometida, porém de forma mais grave.

O cérebro é um órgão dividido em várias partes e que cada uma tem uma função. Quando uma região é comprometida por isquemia ou por hemorragia, a função dela fica comprometida. Assim podem acontecer comprometimentos de funções como: fala, compreensão, visão, equilíbrio, força em um membro ou mais, sensibilidade em um ou mais membros e assimetria do rosto.

Essas funções comprometidas de forma súbita podem ser sinas de um AVC, então nesses casos deve-se procurar uma emergência hospitalar.

O AVC isquêmico geralmente não causa dor de cabeça, mas o hemorrágico pode causar uma súbita dor de cabeça. Então a dor de cabeça súbita também é sinal para se procurar atendimento médico de urgência.

É comum as pessoas se alarmarem para algum problema relacionado ao coração ou cérebro quando têm algum sintoma súbito e latente, como dores de cabeça forte, perda da visão, dor e pressão no peito ou falta de ar aguda, mas outros pequenos sinais de um avc podem ser ignorados e não compreendidos como uma grande indicação de alerta.

Segundo dados do Ministério da Saúde, o AVC é a segunda causa de morte no Brasil atualmente e a principal causa de comprometimento neurológico. Sabe-se que uma em cada 6 pessoas no mundo um dia terão um AVC na vida, daí a importância de reconhecer os possíveis sintomas e sinais de um AVC para procurar atendimento rápido e diminuir as suas consequências.

 

Saiba como identificar sinais de um AVC:

  • Perda da força muscular nos braços, mãos ou de um lado do corpo
  • Dessimetria facial (principalmente boca, olhos e testa)
  • Perda da fala ou fala embolada (e perda de funções da língua)
  • Dor de cabeça súbita, intensa e sem motivo aparente
  • Perda da visão de um olho (visão embaçada ou vertigem)
  • Desequilíbrio ou fraqueza nas pernas
  • Vômitos e náuseas sem motivo aparente

 

Se estiver na dúvida quando se deparar com alguns destes sintomas, faça com que a pessoa responda a alguns comandos básicos, como por exemplo: erguer os dois braços na altura dos ombros, repetir alguma frase, movimentar a língua para fora da boca ou simplesmente sorrir. Se houver dificuldades em alguma destas tarefas simples, isto pode ser sinais de um avc. Logo, encaminhe e/ou acompanhe a pessoa imediatamente ao pronto socorro mais próximo.

 

Serviço:

A BenCorp é uma consultoria que oferece gestão integrada de benefícios corporativos e saúde ocupacional, promovendo bem-estar aos colaboradores e reduzindo custos com saúde para empresas. Entre em contato: 11 3149-4444.