Vamos falar sobre o Diabetes?

Resumidamente o diabetes, é a incapacidade do corpo em absorver a insulina, que responde pelo aproveitamento da glicose, perdendo a eficiência em transformá-la em energia.

 

O que é o Diabetes?

Diabetes é uma doença crônica que atinge quase 9% da população brasileira, segundo dados da Sociedade Brasileira de Diabetes (em 2016). É importante entender o Diabetes, isto porque de acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde) houve um salto gigantesco de diabéticos no mundo. Em 2014 o número de diabéticos ultrapassou 420 milhões de pessoas, ante a 108 milhões em 1980.

O Diabetes é uma doença do metabolismo. É considerada uma doença crônica, que é resultado de uma ineficiência do corpo em tratar a glicose. A insulina que é o hormônio produzido pelo pâncreas, tem essa função de metabolizar (quebrar as moléculas) de glicose para fim de transformá-la em energia, que será aproveitada por todo corpo. Com esta falha na produção, o corpo terá mais ou menos glicose do que o necessário.

Os principais tipos de Diabetes são:

Pré-diabetes:

Digamos que este seja o estágio inicial, que declara uma tendência, predisposição ou potencial para desenvolver o Diabetes tipo 2.

Diabetes tipo 1:

Este tipo é tem origem genética, já que o indivíduo já nasce com essa predisposição. O Diabetes de tipo 1 tem ligação direta com uma falha do sistema imunológico que acaba por criar “anticorpos” que irão combater as células responsáveis por sintetizar a insulina, causando um “erro” na produção e manutenção do hormônio, influenciando na metabolização da glicose. Em geral, o diagnóstico acontece na infância ou adolescência.

Diabetes tipo 2:

Neste tipo de Diabetes, a falha está no sistema metabólico. o  que cria uma resistência à insulina, causando a diminuição da produção dela pelo pâncreas. Isso causa o descontrole da taxa de açúcar no sangue. Neste tipo, cada caso precisa ser avaliado para verificar a necessidade do uso de aplicação de insulina.

Diabetes gestacional:

No período de gestação as taxas de açúcar no sangue podem ficar acima do normal. Neste caso, é importante monitorar a evolução deste quadro para evitar que se agrave. É vital que este acompanhamento seja feito durante o pré-natal porque isso poderá gerar complicações na própria gravidez e no parto.

Diabete Latente Autoimune do Adulto – LADA:

Atinge basicamente os adultos e representa um agravamento do diabetes tipo 2. Caracteriza-se, basicamente, no desenvolvimento de um processo autoimune do organismo, que começa a atacar as células do pâncreas.

 

Principais problemas causados pelo Diabetes:

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, são diversos tipos de danos que podem ser causados pelo Diabetes, como por exemplo:

  • Diminuição do fluxo de sangue nas extremidades, principalmente pés. Em alguns casos pode gerar infecções, em alguns casos, até amputações;
  • Em alguns casos mais graves, poderá ocorrer cegueira, também causado pelo problema de fluxo de sangue;
  • Problemas nos nervos;
  • Ataques cardíacos e derrames;
  • Falência de rins

 

A importância do controle do açúcar

É essencial manter os níveis de glicose no sangue. Isso interfere diretamente nos hábitos de vida, principalmente no caso do Diabetes tipo 2. Manter um estilo de vida saudável é crucial para manter a diabetes sob controle. Além disso, é importante praticar atividades físicas, consumir alimentos que não sejam ricos em gordura e açúcar e ficar com o peso sob controle.

Consulte seu médico regularmente, isto será primordial para manter sua saúde em dia. Além disso, opte por uma longe do sedentarismo e pratique esportes.

 

Serviço:

A BenCorp é uma consultoria que oferece gestão integrada de benefícios corporativos e saúde ocupacional, promovendo bem-estar aos colaboradores e reduzindo custos com saúde para empresas. Entre em contato: 11 3149-4444

 

Referências: